27 de dez de 2011

Indesejada?

Claro que não queria ser indesejada... Mas não sabia como iria fazer para mudar quem era... Não podia simplesmente trocar de corpo com alguém.


Um mês atrás poderia imaginar como seria viver sem alguém, mas agora parecia impossível.
Ele parecia ocupar e ao mesmo tempo deixar um vazio no seu coração, era incrível.


Ela olhou para trás mesmo sabendo que não deveria fazer isso, pois assim voltaria, mas foi ao contrário, ela só sentiu mais vontade de sair dali.


Ouviu as risadas, era óbvio que nem notaram 
sua ausência, mas resistindo a vontade de voltar para o que um dia chamou de lar se virou e continuou andando até que uma voz a faz parar.


- Judie? - ele a chamou - V-você... Não vai embora pra sempre não é?
Ele, o único que sempre lhe dera atenção, lhe dera uma amizade linda, lhe dera consolo, estava ali. 
O seu único amigo.


- Por favor... - ele começou a chorar - Eu não posso viver sem você... 
E ali estava ele pedindo a ela pra ficar.


- Tem gente que gosta de você, sabia Judie?
- Não... Parece que todos me odeiam.
- Ei! Eu gosto de você!


Finalmente entendera o significado da frase do mesmo.
- Tenho que ir. - mas seu coração não aguentava mais.


- Achei que ia dizer isso - ele secou as lágrimas e mostrou a mochila - Juntos... Sempre.


- Ei, Judie?
- Que? - ela levantou o rosto ainda chorando.
- Eu estou aqui, sabia?
- Mas quem me garante que você não faça igual a eles?
- Judie? - ele chamou quando ela abaixou a cabeça.
- Hum?
- Juntos... Sempre.


Ela deu um sorriso, um sorriso que a muito tempo não lhe vinda naturalmente.
- Sim. Juntos... Sempre.


E soube que foi a coisa certa a fazer, pois se não fosse embora, iria ficar pensando que seu coração pertencia aquele que a humilhou, mas que na verdade pertencia aquele que sempre a fez sorrir.


Por: Paula
Para: Um alguém

26 de dez de 2011

Anonima.

Um clarão a entristece, nem sabe por onde começar. Se ao menos conseguisse um lugar lá... Um lugar que a aceitasse mesmo com a sua diferença.


- Uma garota assim não merece viver aqui.

Lembrou-se das palavras dele, sabia que ele não falava de uma casa, mas sim do seu coração. As lágrimas correram de seus olhos enquanto ela corria.
Ele entrou em sua casa, sem perceber a besteira que havia feito. 
Ela não tinha deficiência física, nem mental. Sua deficiência era no fato de ser órfã. Conhecerá aquele menino em um parque, distante da cidade onde moravam.


Era uma menina linda, com seus cabelos encaracolados e a pele cor de seda branca, os olhos claros que ficava entre o verde claro e o azul guardavam muitas coisas.


Ele se aproximou dela, achando que com aquela beleza seria uma menina filha de pais ricos, mas quando estavam na porta de sua casa quando ela mencionou o orfanato ele mudou de atitude.
Seus pais não aceitariam que ele ficasse com uma menina órfã, muito menos uma menina pobre. Ele mesmo gostando dela, fora criado para esnobar qualquer um que não estivesse a sua altura.
E ela não ficou nem um pouco surpresa com a reação dele, apenas tinha uma leve esperança que se fora. 


Entrou no orfanato já com as lágrimas secas, deitou em sua cama afim de esquecer a sua humilhação, mas já estava acostumada a isso. Sempre era tratada assim, mesmo sendo bonita, mesmo sendo educada.
Era sempre humilhada, por que em meio a tantas qualidades ela tinha o que pensava ser um defeito. Anonima.


De: P. Gonçalves B.
Para: Alguém...

8 de dez de 2011

Afff


Aff...

Eu tava de boa, cantando I-lari-I-lari-ê, quando minha querida miga chega dizendo para eu parar de ser criança , mas tipo... Eu fiquei:
 
E eu disse: Afe mano. Me erra.
E ela: 
"O que você disse?"
E eu:
"Tá surda?"
E ela:
" Calma Paula... Calma... Amiga,amiga..."
E eu querendo fazer isso:
 1 minuto depois... A gente tá assim:
É... Quem é amigo de verdade nunca fica brigada...
Incrível.

21 de out de 2011

Olhares

Olhares...



O olhar de uma criança...
Que triste descansa.
Na confusão...
De não saber, o que diz o coração.

O olhar de uma moça...
Que olha perdida o infinito,
Tentando entender 
O que o coração, quer lhe dizer.

O olhar, que dele sai uma lágrima.
Uma lágrima com a emoção
De um coração 
Que finalmente foi entendido.

E o olhar dela,
Que triste estava,
Por estar escrava,
De uma confusão,
Diz asi mesmo, 
Que é assim, 
Que funciona,
O coração

E um sorriso...
No olhar, aparece...
Que antes insistia sofrer...
Se alegra ao ver você.

Ass.: Coreaninha.
Dedico á minha amiga Maya, por sem mesmo saber, me ensinou que um olhar fala mais que tudo.






Materiais de Laboratorio

Bom. Eu tive um trabalho de ciências e vou compartilhar ele com vocês... Na verdade é por que eu não tenho mais nada pra fazer...

 --- Proveta - É um instrumento que serve para medir líquidos. 
 --- Suporte universal - Permite prender vários utensílios.

 --- Tela de amianto - Dar apoio a materiais de laboratório.


 --- Tubo de ensaio - É  um recipiente usado para para efetuar reações químicas de pequena escala.

 --- Lamparina - Aquecimento moderado a baixa temperatura.

 --- Escova para lavagem de vidros - Higienizar vidrarias. 

 --- Becker - Eles são graduados, oferecendo medidas precisas.

 --- Pinça de madeira - Usado para prender o tubo de ensaio durante o aquecimento.

 --- Argola / Anel - Dar apoio a outros materiais.

 --- Frascos reagentes - Para reações químicas e pode ir a autoclavagem.

  --- Funil - É usado para transferir um liquido de um recipiente para o outro.

 --- Tripé -Serve de apoio para a tela de amianto e  para equipamentos que  são colocados sobre eles.

 --- Bico de Busen - Fornece a chama para o aquecimento de vários processos.

 - Cristalizador - Cristalizar o soluto de uma solução, por evaporação do solvente. 

Tentei resumir... Bjs a todos da Koreaninha.

17 de out de 2011

Certo... Você tá me tirando?


Certo... Você tah me tirando?






Não vou mentir pra vocês... Acredite ser quiser... Por que é mentira :D
Eu estou na necessidade escrever algo surreal... Então... Não acredite em nada do quê eu disser aqui... A partir... Daagora.

Eu estava na maior preguiça quando a professora resolve acabar com a gente. 
"E ai manos... Que tal fazer uma redação? (eu disse para não acreditarem...)"
Nunca nos acostumamos com uma professora que fala igual a um manolo (mano) sem nenhum parafuso...
Ela disse para escrever sobre algo profundo... Algo que emocione o leitor... 
Ok. To ferrada.
Mas pra que ela quer uma redação no ultimo dia de aula? Vai guardar de recordação?
" Eu vou guardar de recordação"
Ok. Sou vidente e não sabia ¬.¬...
Eu olhei para a folha de almaço a folha de almaço olhou para mim e ficamos naquela troca de olhares.
Peguei a caneta ( musiquinha de suspense) e coloquei meu nome.
Olhei a de novo e voltamos a nos encarar (musiquinha de filme de terror) e coloquei a data.
Se eu fizesse isso calada tudo bem, mas eu estava cantando as musiquinhas enquanto escrevia. Quando o maravilhoso ser do meu lado (Migaaaa!) se virou e me olhou com uma cara de assassina.
"Paula... Eu realmente te adoro... Mas se você não parar de cantar eu te joga da janela(isso é verdade uma certa amiga minha me disse isso)."
" Certo... Miga...Você tá me tirando?"
Foi ai que a lampadazinha se acendeu em cima da minha pessoa.
" MIGA EU TE ADOROOOO!"
Okey... Eu acho que ela ficou um pouco confusa (lê-se: WTF?, para quem não sabe o que é significa What The Fuck procura no Google o significado)...
Então eu coloquei.
" Certo... Você tah me tirando?
Querido leitor... 
Eu simplesmente naum sei oq escreve
Mas como eh para a prof
Resolvi faze um poema 
E como eh de recordação pra ela
Resolvi fazer do meu jeito para ela smpre se lembra da minha mravilhosa pssoa.
Eu
Vc
o Compu
Naum se dao
Eu sei
Vc
A prof de purtuges
Naum iria aceitar 
Um poema com erros
Mas eu qero Te emocionar
Mostrar como 
Vc
E
O compu
Se amam
"Vc" uma palavra
Viu?
XOXOXOXO
 Coreaninha."

Eu olhei admirada para a minha obra e me levantei.
Me sentei e tive que me segurar para não rir da cara da professora.
A sobrancelha direita dela se levantava a cada linha que lia. Eu realmente achei que a sobrancelha iria fugir.
Ela olhou para o meu lugar e eu sorri.
Ela fez uma coisa que eu nunca esperaria que fizesse... Ela se levantou e me abraçou... Serio, eu achei que iria morrer sufocada.

" AI QUE LINDO!!! NUNCA NINGUÉM FEZ ALGO ASSIM POR MIM!"

Quando ela me largou eu devia estar roxa pela falta de circulação do sangue.


Eu tenho uma mente fértil né gente?

É que eu realmente queria uma professora assim.

XOXOXOXO
Da sua Coreaninha preferida.
Ou seja...
EU!
ai que felicidade...








16 de out de 2011

Te amo...

Te amo...


E você não sabe...

Olho de longe 
E me perco no seu sorriso
Distraída perco os sentidos
Só vejo você

As meninas me puxam de volta
Me perguntando em que lugar eu estava
Tenho vontade de responder
Mas... Quais seriam as consequências?

Contar a elas uma coisa...
Que tento esconder de mim mesma...
Uma coisa que tento apagar.
Por que sei que isso é algo impossível.

Tento não dar esperanças a mim mesma
Por que sei que o que eu sinto
É algo impossível de um dia acontecer
Escrevo com lágrimas...

Esperando um dia isso se apagar.
Esperando um dia você ir embora
E consigo levar o que eu sinto
Para Sempre.

Não é algo ruim...
Claro que não.
Mas não é algo que me faz feliz
É algo que me faz sofrer

Por que ver você dia após dia
Sem poder lhe abraçar
Sem poder lhe contar
Só podendo lhe observar

Observar você ser feliz
Por que não me sinto feliz
Por que toda vez que me perco em seu sorriso
eu sofro?

Toda dia vendo outra pessoa fazendo você ser feliz
Penso... Não devia ser eu?
É quando eu vejo que o destino
É mais complicado quanto eu pensava.

E assim
Tento entender o destino
Coisa que sei que é impossível
Mas... Uma vez me disseram:
O destino é complicado, mas sabe o que  faz.

E fico na esperança de um dia...
Ser Feliz.

Por: Garota que só quer ser feliz (Paula Gonçalves de Brito)

13 de out de 2011

Oiii


Sabe quem é ai em cima?
É a atriz japonesa Ayase Haruka.
Por que eu estou falando dela... Não sei. Fiquei com vontade.
Thau povo

28 de set de 2011

O que é o medo?

O que é o medo?


Será que os meus medos são os mesmos que os seus?
Sera que o medo é positivo ou será ele negativo? 
Depende. 
Ah momentos na vida que ter medo é preciso, que ter medo nos ajuda e existe momentos na vida que temos que enfrentar nossos medos.
Os medos são constituídos por reações físico-químicas e pela somatização das imposições sociais.
Os populares... E os nerds? O patrão... E o cara do almoxarifado?Os dois sofrem de medos. Diferentes? Sim, claro. Mas sofrem.
Tem aquele medo que é causado pela pressão social... 
Por exemplo: o chefe. Alguns se sentem na obrigação de mostrar o melhor... De ser o exemplo para seus empregados... E com isso pode vir a insegurança.
Tem aquele medo que nós já nascemos com ele e que com o tempo ele vai embora, eu, por exemplo, morria de medo de escuro, mas com o passar do tempo eu percebi que o escuro não podia me fazer mal. Hoje, eu não tenho mais medo do escuro, mas também não dispenso uma luzinha acesa no meu quarto (;D).
Como também o medo pode não ir embora, ou pelo menos acharmos que não.
Nasci com medo de insetos e continuo com esse medo, menos medo do que antes, mas ainda tenho.
Não importa o tipo de medo que você tenha, ele pode aumentar, diminuir ou simplesmente desaparecer. 
Assim como meu medo de escuro.
E lembre-se que o que esta a cima de você tem medo, que o que esta abaixo de você tem medo.
Todos temos medos, mesmo que as vezes nós os interpretamos como vergonha ou outro sentimento, não deixamos de te-los. Por menor que sejam.


Ass.: PeBi

16 de set de 2011

Amigas de verdade

Isto é dedicado a uma amiga que amo muito.

"Amigas de verdade


Chego na escola
Ela corre para me abraçar
Conversamos
E eu noto...


Sei que ela 
Não teve a melhor vida do mundo
Tenta disfarçar as lagrimas 
Com um sorriso


Sei que ela sofreu 
Sei que já chorou muito
E não sei o que fazer para ajuda-la
Mas amanha seguiu normalmente


No intervalo 
Ela vem correndo
Não conseguiu aguentar
E quando sei o motivo 
Vejo que ela já estava cheia


O resto da turma 
Começa a fazer perguntas
Ela em meu abraço
Fica calada
Não aguentei 
E gritei pra quem quisesse ouvir
Gritei
Para não fazerem mais perguntas
' Não estão vendo o estado dela?'


Eles pararam e eu a abracei mais forte
Sempre dizendo
'Calma...'
Ela virou o rosto para mim 
E secou suas lagrimas


E finalmente perguntei algo.
A consolei e fomos para o banheiro
Voltamos para a sala
E a vida simplesmente seguiu


Com isso aprendi
Que quando alguém esta precisando de consolo
Não derrame uma cachoeira de perguntas
Nem que seja um laguinho


Espere
Console
E quando ela estiver melhor
Faça as perguntas aos poucos
Para não faze-la voltar a chorar

Minha amiga 
E eu nos conhecemos na ida pra escola
Eu achando que a aquela conversa iria durar aquela manhã...
Como eu estava enganada"

Quer um conselho?
De valor a uma conversa.
Nem que seja poucas palavras
Por que isso pode se tornar algo maior e muito melhor do que as coisas que você tem agora.
Hoje, ela é minha melhor amiga, tenho também outras, mas ela é como uma irmã mais nova e frágil.
Minha amiga adoro você.
Prefiro não citar nomes, mas sei que em algum lugar uma pessoa que ler isto vai sentir no coração.

Por: Paula G. de Brito 

10 de set de 2011

Gatinhos

Oi gente. Voltei a vida ( ohhhhh)
Hoje eu vou postar e falar de uma coisa que eu amo, adoro e venero... Gatinhos!!!

Este último aqui é uma raça que eu adoro! Se chama Azul da Rússia. Não são lindos?



Ok... Estes dois últimos não são gatinhos... Pra quem não conhece. O primeiro é um filhote de um Leopardo das Neves e o segundo é uma Jaguatirica, também a chamam de Gato-do-Mato.

Esta vendo o bravinho ai em cima? Bem, este fofo ai é um filhote de pantera.
Não lindo assim, bravinho?
Awwwnnnt :*

Esta foi o post de hoje gente. Beijinhos e até mais.
Ah!
Você que gosta de fanfics visita ai uma fic que eu amo.
Deixa eu explicar primeiro do que se trata. É uma fic sobre Atena e Poseidon e eles foram expulsos do Olimpo e... Eu não vou contar mais.
Visita. Ai esta o link: 

12 de ago de 2011

Blog novo!

Voces viram? To de blog novo! Um blog com cara de site" UHUUU
To tão feliz!
Ele tá pobrinho agora mas  ele vai melhorar pode ter certeza.
Para aqueles que viam meu blog antigo só avisar que eu não vou mais postar naquele.

Bejinhos
Obrigado pela atenção

Paula